Retrospectiva 2011

Olá pessoal,

Conforme prometido, eu fiz uma retrospectiva desse ano. Eu tentei dar uma resumidona, afinal, ninguem vai querer saber o que eu fiz nesses últimos 365 dias, não é ? Bom, 2011 foi um ano mais que maluquete na minha vida… maluquete no sentido bom, mas  que acabou mudando completamente a minha rotina  e as minhas estruturas.

Mudar de país não é fácil, mas acaba sendo uma mudança mega desafiadora. Família nova, casa nova, amigos novos, tudo novo… e confesso que durante algum tempo eu fiquei mais pensando no que larguei para trás,  do que das coisas que eu havia ganhado. E essa é a lição que eu levo de 2011. De se abrir para o novo, para o desconhecido e não ficar muito apegado as coisas do passado. Foi um ano de grande aprendizado, de lutas, de descobertas  e conquistas pessoais.  Fui um ano que eu senti uma imesa saudade dentro mim: da família, dos amigos, da galera da faculdade, das ruas de Belo Horizonte. Mas uma saudade que foi sumindo aos poucos e virando um novo sentimento,  que ainda não consegui definí-lo

Fiz muitas coisas que quis fazer, deixei alguns projetos de lado, fiquei com uma baita preguiça de outros, mas enfim,  continuo tentando e anotando tudo no meu caderninho (pra não esquecer mesmo). Esse ano pude de certa forma me dedicar mais aos projetos de scrap, mesmo não tendo postado nem a metade das coisas que eu fiz. Eu confirmei a paixão que eu tenho pelos papéis e fui aos poucos aprendendo coisas novas e fazendo experiências malucas no meu quarto. Foi um ano que eu morri de desejo de comer pão de queijo e o bolinho de mandioca lá no Mercado Central, de BH. Foi um ano em que comi chinesa  de verdade (chinesa mesmo, viu gente e não essas de restaurante a kilo de shopping) e descobri que é a comida mais feia do mundo, embora seja uma delícia.  Senti frio, senti o gelado da neve e pude ver com os meus próprios olhos a natureza se manisfestando em 4 estações. Foi um ano em que tive que ser forte, mesmo querendo ser frágil… fui frágil e quis ser forte e descobri que a língua inglesa  não me fascina nem um pouco. Foi um ano que eu constatei, acima de todas as coisas, que o meu marido é um amigo impecável e que foi o meu alicerce nesse ano maluquete. Ganhei uma nova mãe e chorei com saudades da minha.  Compreendi que os meus bons amigos, continuam amigos, mesmo tão longe e mesmo cada um tomando o seu rumo. Aprendi a confiar mais em Deus e ter mais calma, mais paciência com as coisas que não estão ao meu  alcance.   Aprendi com novas pessoas, com novas culturas, aprendi a ter muito orgulho de quem eu sou e de onde eu vim.

Também preciso agradecer cada visitinha, cada comentário… sem vocês esse blog não teria o menor sentido. Preciso agradecer a minha família, que continua sendo tudo para mim. Queria também deixar um beijo para as minhas amigas queridas: Areta, Gabi, Marta, Paloma e Pam… que guardo no meu coração e penso todos os dias.

Antes que eu me estenda… queria desejar um 2012 mais que maravilhoso. E mesmo sendo um pouco clichê, eu queria desejar muitas felicidades e bençãos a cada um de vocês. Que vocês encontrem a felicidade e alegria  e que Deus os iluminem em cada passo.

.


4 Responses to Retrospectiva 2011

  1. Taty Vanessa January 11, 2012 at 10:32 pm #

    Oi Babi!!!
    Adorei essa retrospectiva, muito tocante.
    Se Deus quizer este ano de 2012 vai ser o ANO!!!!

    BJIM
    Taty Vanessa

  2. Gildett de Marillac January 17, 2012 at 4:40 pm #

    Nossa babi em poucas palavras vc conseguiu descrever tão bem esse seu ano, que consegui ver um filme. Que bom que vc aprendeu tanto…É isso que devemos fazer todos os dias. Posso dizr que lhe conheço mais agora. Bjs
    Um ano maravilhoso para você e seu “impecável” amigo!!!

  3. Regina January 23, 2012 at 12:24 am #

    Boa noite Babi!!! Vim agradecer sua visita ao meu blog e encontrei só coisa linda!!! Amei essa postagem e pude ler nas entrelinhas o quanto foi difícil para você a adaptação e a maneira linda que você superou todas as dificuldades!!
    Que você seja muito feliz e encontre muita coisa gostosa.
    Se precisar de alguma coisa de Beagá sinta-se à vontade !!
    Só para você localizar, moro pertinho da Praça Milton Campos, do ladinho do Clube Olimpico. Grande beijo, muito obrigada pelo carinho e tudo de bom prá você!!!

    • Babi January 23, 2012 at 12:45 am #

      Regina, sua fofa…
      Ahhh, esqueci de dizer que a minha mãe também se chama Regina… Eu é que agradeço o carinho!
      Sei sim onde é. Eu morava pertinho da UFMG, lá na Pampulha. Pode deixar, você também… precisando de alguma coisa daqui é só falar.

Leave a Reply